5 coisas que você precisa saber depois de se formar em Arquitetura


5 coisas voce precisa saber depois de se formar em Arquitetura


1. Nunca trabalhe de graça


No ramo criativo isso é um problema comum. Fotógrafos, artistas e arquitetos tendem a fazer os primeiros projetos de graça ou por um valor incrivelmente baixo no intuito de criar uma base de clientes e repertório. Porém o que muitos não consideram é como o ato de não cobrar desvaloriza o trabalho e prolonga uma caracteristica da profissão que não é benéfica. Há outras maneiras de contornar este problema:

  • Ofereça uma amostra gratis. Isso pode ser feito sutilmente como elemento surpresa para o cliente no seu processo de trabalho. Vá além e crie desenhos, renderizações ou apresentações em realidade virtual logo na primeira reuniao. O cliente não estará esperando por isso, e ficará impressionado com seu trabalho e comprometimento.

  • Faça o cliente entender o seu valor e o valor do seu trabalho por invertendo o argumento de "Está caro", para "Quanto vale, ao cliente, o projeto dos sonhos?" Faça o cliente responder quanto o projeto vale para ele (Retoricamente é claro)


2. Arquitetura nao é o único caminho


Muitas vezes quando recém formados saem da faculdade de arquitetura eles se vêem em dois caminhos: Interiores ou Construção. Estas duas categorias são as principais mas não são nem 1% do que se pode ser feito. Arquitetos tem um conjunto de habilidades que podem ser utilizados em inúmeras outras áreas. Aqui estão algumas delas.

  • Consultor de Design - Jã pensou em trabalhar em criação de produtos e solução de problemas? Entre no site da Ideo por exemplo e veja o leque de opções no universo de design thinking.

  • Consultor de Realidade Virtual - A demanda para este cargo está aumentando exponencialmente mas o número de profissionais especializados ainda não é alto. Isso cria uma oportunidade incrível para os interessados em Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Visualização.

  • Artista de Visualização Arquitetonica - Imagens virtuais se tornaram parte da rotina de arquitetos e incorporadores. Criar imagens realistas que representem o futuro imaginado pelos arquitetos é uma profissão extremamente rentável, podendo cada imagem valer mais de mil reais. Um escritório de Renderização com apenas três ou quatro pessoas pode vir a fazer mais de 20 imagens por semana, então você pode fazer as contas de quanto seria o seu salário mensal!

  • Consultor de Inteligência Artificial e Automação - I.A. e automação vieram para ficar, e se você se interessar por esse tipo de assunto, não sé em BIM ou Modelagem paramérica, mas também em Big Data e Machine Learning, uma vaga em escritórios de grande porte está garantida para você.

  • Consultor em Sustentabilidade - Agora mais que nunca, o aquecimento global e ecologia estão à frente de discussões em todas as disciplinas, e a Arquitetura e Construção são algumas das áreas de mais impacto na pesquisa e implementação de novas técnicas de mitigação atraves de simulações virtuais de eficiencia energetica, espacial, de material e de uso.

  • Criação de Cenários Virtuais - O consumo de filmes que englobam técnicas de CGI aumentou significativamente depois da criação de empresas como a Pixar e a DreamWorks, e não tem sinal de diminuir. Pelo contrário, o consumo e produção de conteúdo com adições virtuais e universos utópicos só tendem a aumentar. Filmes como Blade Runner e Assassins Creed contaram com uma equipe extensa de Arquitetos e Historiadores para criar e recriar mundos virtuais quase impossíveis de diferenciar da realidade.

  • Outras profissões mais tradicionais - Artes Plasticas, Design Gráfico, Design de Jogos e Publicidade são apenas mais algumas das profissões que você poderia seguir depois de se formar sem ter que se especializar ou recorrer a outro tipo de educação.


3. A Academia e o amiente profissional andam lado a lado


Os escritórios de arquitetura mais influentes atualmente estão depositando esforços e recursos nas áreas de "R & D" (Pesquisa e desenvolvimento), criando ferramentas e soluções inovadoras e usando o escritório como meio para implementar essas pesquisas. Seja pesquisa em materiais, eficiencia energetica ou disposição espacial, um vínculo à academia vem se mostrando um meio extremamente benéfico para escritórios se manterem a frente.


4. Colaborar pode ser um dos meios mais eficientes de trabalho

Em todas as profissões criativas a colaboração é um ativo valioso uma vez que une ideias de todos os partidos envolvidos no projeto conduzindo para soluções diversas e inovadoras. Escritórios de arquitetura tipo boutique normalmente colaboram com artistas, e pesquisadores, enquanto escritórios de grande porte colaboram entre si, com escritórios de arquitetura menores, engenheiros especializados, e fimas de design e consultoria, mas isso não significa que se limita a estas categorias. Trabalho em conjunto pode ser desafiador por motivos de organização, mas tendem a ter resultados únicos e supreendentes com grande valor qualitativo.


5. Não deixe os padrões da indústria diminuirem sua criatividade


Muitas vezes recém formados podem se sentir frustrados com o método de trabalho de escritórios estabelecidos e padrões impostos pela indústria, desmotivando seu processo criativo. A solução é simples: crie uma opção de projeto seguindo exatamente o estilo e padrões do escritório, e em seguida crie uma opção totalmente diferente ignorando todos os guias pré estabelecidos. Coloque os dois lado a lado, identifique as diferenças, qualidades e deficiencias, e por fim crie uma nova opção respeitando as restrições do projeto mas adicionando as novas soluções e características positivas retiradas da comparação das duas opções anteriores.

Você pode achar que esse método leva muito tempo, mas com prática, isso pode levar a uma nova metodologia de criação, e perspectivas unicas do reflexo do seu próprio trabalho.

18 visualizações

Posts recentes

Ver tudo